Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Sema lança Plano de Ação Territorial nas regiões da Campanha Sul e Serra do Sudeste

Publicação:

30 espécies da flora e da fauna em 18 municípios inseridos no bioma Pampa passaram a ser alvos para a conservação.
30 espécies da flora e da fauna em 18 municípios inseridos no bioma Pampa passaram a ser alvos para a conservação. - Foto: Leonardo Urruth

A Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema) lançou, no mês de agosto, o sumário executivo e a revista digital do Plano de Ação Territorial (PAT) nas regiões Campanha Sul e Serra do Sudeste. Os materiais reúnem os objetivos e metas traçadas para o Plano aprovado por meio da Portaria Sema nº 123/2021.

O sumário executivo traz informações sobre o programa e as espécies de fauna e flora que habitam as regiões, bem como a lista das espécies e o grau de ameaça. Para conferir o material, clique aqui.

Já a revista digital, que pode ser acessada pelo computador ou smartphone, traz um conteúdo atrativo, com fotos, ilustrações e texto sobre o Plano de Ação Territorial. Clique aqui e acesse a revista.

O objetivo do PAT é melhorar o estado de conservação das espécies ameaçadas de extinção e o ambiente em que vivem por meio da valorização e promoção de práticas sustentáveis e da participação social.

Para o secretário Luiz Henrique Viana, preservar a biodiversidade é uma das metas prioritárias da Sema. “Trabalhamos em projetos direcionados para reduzir o grau de ameaça das espécies em extinção, visando a conservação e o uso sustentável dos recursos naturais. Os Planos de Ação Territorial e esses dois trabalhos vêm para isso: ensinar e informar, de forma clara e até mesmo lúdica, a importância da preservação da natureza”.

O analista ambiental do Departamento de Biodiversidade da Sema e coordenador executivo do projeto, Leonardo Urruth, destaca que “a implementação do plano durará cerca de cinco anos em seu primeiro ciclo. A expectativa é que, ao final deste período, tenhamos indicadores iniciais de melhoria do status de conservação das espécies-alvo”.

Com a elaboração do PAT nas regiões da Campanha Sul e Serra do Sudeste, 30 espécies da flora e da fauna em 18 municípios inseridos no bioma Pampa passaram a ser alvos para a conservação.

O PAT Campanha Sul e Serra do Sudeste faz parte do Projeto Pró-Espécies e conta com apoio do Fundo Mundial para o Meio Ambiente (GEF), da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do RS, universidades e demais instituições ligadas ao meio ambiente.

Para conhecer o projeto Pró-Espécies, clique aqui.

PAT Planalto Sul

No mês de julho, a Sema divulgou o sumário executivo do Plano de Ação Territorial da região Planalto Sul, desenvolvido em parceria com o Instituto do Meio Ambiente (IMA) de Santa Catarina. Na ocasião, foram contempladas 22 espécies do bioma Mata Atlântica, sendo 17 da flora e cinco da fauna da região do Planalto Sul do Estado.

Para acessar o Sumário Executivo do PAT Planalto Sul, clique aqui. 

Texto: Priscila Valério

Edição: Vanessa Trindade

 

Sema - Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura