Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Sema e Fepam passarão a usar drones na fiscalização do Gravataí

Publicação:

Uma sala de reunião com oito pessoas ao redor de uma mesa. Ao fundo aparece um cartaz com a logo do estado do Rio Grande do Sul, em verde, vermelho e amarelo. Na mesa encontram-se papeis, água, térmica e xícaras.
Equipe da Fepam e Sema reunidas para debater situação da estiagem - Foto: Bárbara Corrêa

Em uma ação conjunta, as equipes da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) e da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema) passarão a usar drones para monitorar o Rio Gravataí e dar continuidade ao Plano de Emergência de Estiagem. Os equipamentos, que já são usados em fiscalizações de rotina e agora irão mapear as empresas que fazem captação de água, são provenientes de recursos do Ministério Público. 

Na manhã desta segunda-feira (10/2), as equipes da Divisão de Fiscalização Ambiental (DFISC) da Fepam e do Departamento de Recursos Hídricos e Saneamento (DRHS) da Sema fizeram um balanço das ações realizadas nos últimos dias e decidiram seguir com as atividades educativas aos produtores, com vistorias a empresas menores. O objetivo é minimizar os impactos da estiagem e prevenir problemas de abastecimento.

Na última sexta-feira (7/2), uma portaria da Sema suspendeu as captações diretas no Rio Gravataí para qualquer atividade que não seja abastecimento humano. No fim de semana, os técnicos mapearam e visitaram os principais irrigantes de lavouras licenciados, que utilizam maior volume de água. Durante a vistoria, foi constatado que nenhum deles captava água desde a publicação do documento.

A medida emergencial da Sema alterou o nível do Rio Gravataí de crítico para estado de atenção e alerta, conforme a medição dos pontos de monitoramento.

A Bacia Hidrográfica do Rio Gravataí está em permanente monitoramento. Diariamente a Sala de Situação da Sema atualiza as medições nos dois pontos de referência. Os boletins estarão disponíveis  neste link.

Texto: Bárbara Corrêa

Edição: Vanessa Trindade

Sema - Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura