Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

1º Simpósio de Segurança de Barragens da Sema reúne especialistas do país

Publicação:

O evento foi divido em painéis, reunindo especialistas de diferentes entidades que compartilharam suas experiências e projetos
O evento foi divido em painéis, reunindo especialistas de diferentes entidades que compartilharam suas experiências e projetos - Foto: Bárbara Corrêa

Nesta sexta-feira (27/11), cerca de 300 pessoas entre estudantes, técnicos e comunidade acompanharam, de forma on-line, o 1º Simpósio de Segurança de Barragens promovido pelo Departamento de Recursos Hídricos e Saneamento (DRHS) da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema).

O evento foi divido em painéis, reunindo especialistas de diferentes entidades que compartilharam suas experiências e projetos aplicados para a segurança das barragens. O objetivo foi ampliar a discussão e divulgar os avanços sobre o tema.

O RS possui o maior número de barragens de usos múltiplos do país e atividades como essas são um requisito da Agência Nacional de Águas (ANA), por meio do programa Progestão.

“O evento é parte do nosso comprometimento com a ANA em realizar capacitações pelo RS, contribuindo para esclarecer e aprimorar o conhecimento das comunidades sobre segurança de barragens. Em 2020 realizamos alguns encontros presenciais, mas o cronograma foi adiado após a pandemia do novo Coronavírus. Com o Simpósio, convertemos dificuldade em oportunidade e conseguimos efetivar”, explica o analista geógrafo do DRHS, Luciano Cardone.

Entre os palestrantes estavam André Torres Petry, da ANA; Rafael Ervilha Caetano, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel); Rodrigo Dutra e Sandro Carlos da Silva, da Defesa Civil Estadual; Francisco Marodin, coordenador do GT Segurança de Barragens da Sema; José Bernardino Botelho, do Comitê Brasileiro de Barragens; Éverton Luís Fonseca e Thainá Vieira Holz, da Associação dos Usuários do Perímetro de Irrigação do Arroio Duro; e Fabrício Souza de Souza, da Agência Nacional de Mineração (ANM).

Fomento para capacitação

O DRHS da Sema mantém contrato com a ANA, estabelecendo metas que devem ser cumpridas para o desenvolvimento e aprimoramento da gestão dos recursos hídricos no Estado. Cada desafio atingido soma pontos para o repasse de recursos. Em 2019, o RS alcançou 95% das metas propostas pelo programa.

Para o tenente-coronel da Defesa Civil do RS, Sandro Carlos da Silva, um evento como este é fundamental para integrar propostas de diferentes órgãos que atuam de forma conjunta. “Ficamos muito satisfeitos em contarmos com esse espaço de fala e troca. A segurança das barragens depende de muitos atores e precisamos pensar de forma coletiva, contando um com os outros, para agir em cada ação que venha a surgir”.

Para 2021, a ideia é ampliar o número de participantes, integrando países vizinhos em um evento presencial com mais dias de duração e visitas a barragens.

Segurança e políticas públicas

No ano passado a Sema estruturou um Grupo de Trabalho (GT) para atuar na implantação da Política Nacional de Segurança de Barragens no RS. A proposta visa ampliar a segurança das barragens e conscientizar os empreendedores sobre a importância da manutenção e da regularização dos reservatórios por meio do Sistema de Outorga de Água do Rio Grande do Sul (Siout RS).

 “Desde o início do GT até o momento, vistoriamos mais de 150 reservatórios espalhados pelo estado, organizando uma série de tarefas para garantir qualidade e segurança. O grupo também divulga periodicamente relatórios sobre a situação dos reservatórios”, destaca o coordenador do GT, Francisco Paulo Garcia.

Texto: Bárbara Corrêa
Edição: Vanessa Trindade

Sema - Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura