Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Jardim Botânico de Porto Alegre comemora aniversário com passeio virtual

Publicação:

Jardim Botânico (JB) de Porto Alegre celebra 62 anos de história. Sem receber o público desde o dia 18 de março
Jardim Botânico Porto Alegre celebra 62 anos de história - Foto: Mariano Pairet

Nesta quinta-feira (10/09) o Jardim Botânico (JB) de Porto Alegre celebra 62 anos de história. Sem receber o público desde o dia 18 de março, obedecendo às medidas de prevenção à Covid-19 previstas nos decretos municipal e estadual, a equipe da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema) encontrou uma forma diferente de comemorar a data: um passeio virtual pelo JB com transmissão ao vivo.

“Ficamos felizes em mostrar para a população um pouco do que a equipe segue fazendo, mesmo nesse período em que o JB não pode receber os visitantes. A situação da pandemia nos obrigou a pensar de forma criativa, sem abrir mão da preservação. O aniversário do JB segue com a proposta que o espaço sempre teve: proporcionar experiências únicas neste lugar rico em biodiversidade”, menciona o secretário do Meio Ambiente e Infraestrutura, Artur Lemos Júnior.

O JB possui 36 hectares de área. Durante o passeio virtual, um pequeno trajeto foi apresentado na companhia dos técnicos que seguem trabalhando em revezamento. Quem acompanhava a live foi convidado a percorrer espaços como o Viveiro, o Jardim dos Cactos, e conhecer espécies de plantas medicinais, de Mata Atlântica, de Mirtáceas, além do Lago das Tartarugas.

“O JB tem papel fundamental na educação. A ausência de contato com alunos, professores e famílias têm sido desafiadora. Mas nós não paramos, seguimos trabalhando para mostrar à comunidade um novo Jardim, com os mesmos valores, mas ainda mais bonito, cuidado e preservado. Será um lugar ainda mais surpreendente para ser percebido e vivenciado”, explica o chefe da Divisão de Pesquisa e Manutenção de Coleções Científicas, Daniel Brambilla.

Há dez anos o JB comemorava seu aniversário com o evento Jardinação, aproximando sociedade civil e científica. Devido à pandemia, todas as ações presenciais foram canceladas.

Para Brambilla, “o Jardinação tem objetivo de apresentar trabalhos, criar conexões entre natureza e população. Este ano não poderíamos transformá-lo em um evento on-line. Então, pensamos em como atrair pessoas, sem nos aproximarmos fisicamente. Foi assim que surgiu a ideia do passeio, afinal, o JB é um espaço para experiências, sejam elas físicas ou virtuais. Queremos que todos entendam que o espaço segue vivo, aguardando a reabertura”.

A equipe da Sema encontrou uma forma diferente de comemorar a data: um passeio virtual
A equipe da Sema encontrou uma forma diferente de comemorar a data: um passeio virtual - Foto: Mariano Pairet

Espaço de cuidado e preservação

O Jardim Botânico preza pela conservação da biodiversidade e das coleções de acervos científicos. Desde a década de 70, se transformou em um depositário de espécies nativas do Rio Grande do Sul, representando diferentes formações florestais e ambientes.

Atualmente na equipe do JB há técnicos, biólogos, jardineiros, engenheiros, geógrafos, atendentes e vigilantes. São esses profissionais que cuidam das aproximadamente cinco mil plantas, entre elas, 572 Orquídeas, 730 Bromélias, 218 Cactos e 145 espécies ameaçadas de extinção. Além delas, o espaço conta com 27 coleções e cerca de 2.300 árvores.

Ainda não há data para reabertura do local, mas, conforme o gestor, a equipe acredita que o retorno será gradativo e conta com a compreensão de todos. “Quando pudermos reabrir esperamos que aqueles que venham nos visitar tenham a consciência de que haverá limitações. Vivemos um novo período, mas nossos profissionais se preparam para uma acolhida que proporcione contato direto com a natura, valorizando sempre a nossa maior riqueza: o meio ambiente”, finaliza Brambilla.

O vídeo completo do passeio virtual pode ser conferido na página da Sema no Facebook.

Texto: Bárbara Corrêa

Edição: Vanessa Trindade

Sema - Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura