Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Ação busca impedir venda irregular de pescados

Publicação:

Ação busca impedir venda irregular de pescados
Ação busca impedir venda irregular de pescados

Analistas do Departamento de Biodiversidade da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema) vistoriaram o comércio de pescados no Mercado Público de Porto Alegre nesta quarta-feira (15/5) a fim de identificar possíveis irregularidades quanto aos peixes comercializados. Dentre as variedades fiscalizadas estavam a tainha-do-mar, que está em período de defeso, camarão e espécies ameaçadas de extinção, como bagre e surubim. A operação foi organizada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e teve apoio do Comando Ambiental e do 4° Regimento de Polícia Montada (4° RPMON) da Brigada Militar.

Durante a vistoria, que contou com a colaboração de todos os empreendimentos auditados, não foram encontradas irregularidades no comércio de pescados. Os analistas recolheram cópias das notas fiscais vinculadas às espécies alvo da ação para análise posterior. Apenas um empreendimento não foi auditado por estar fechado, fato incomum para uma quarta-feira, segundo funcionários do Mercado Público.

A ação resultou de uma cooperação entre os governos Federal e Estadual visando apurar práticas ilícitas não somente na área do pescado, mas em todas de suas competências legais. Estão previstas atividades rotineiras de mesma natureza em todo o território do Rio Grande do Sul.

Sema - Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura